Portugal

Cimeira UE-═ndia com o objectivo de ter alternativa Ó China

A cimeira UE-Índia agendada para Maio, e que pode quase coincidir nas semanas antes ou depois com uma visita a Bruxelas do novo presidente americano, é uma bela oportunidade para a União Europeia reforçar a aposta no multilateralismo. Mas sobretudo para Portugal, que assume a presidência semestral da UE, mostrar que é capaz de tirar vantagens da sua capacidade para fazer pontes seja como os Estados Unidos de Joe Biden, seja com a Índia de Narendra Modi, seja com a China de Xi Jinping.

Tanto para os 27 em geral como para o governo de Lisboa em particular, um reforço da relação com os indianos servirá de contraponto à crescente influência chinesa, que preocupa já muitas capitais, até porque a China parece sair reforçada da pandemia de covid-19, pois foi em 2020 a única grande economia que cresceu.

mais detalhes