Brasil

Porto do Rio de Janeiro ganha Posto Avanšado de Credenciamento de Visitantes

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) inaugurou o Posto Avançado de Credenciamento de Visitantes no Porto do Rio de Janeiro. Trata-se de um projeto da Autoridade Portuária em parceria com as empresas arrendatárias dos terminais, por meio do Sindicato dos Operadores Portuários do Estado do Rio de Janeiro (Sindoperj).

A Guarda Portuária da Docas do Rio informou que a nova instalação visa promover um atendimento presencial em determinadas situações como demandas urgentes ou imprevistas, que não foram previamente cadastradas no Sistema de Gerenciamento de Acesso Docas (SGAD), mas que precisam estar registradas e documentadas de forma adequada, a fim de garantir o controle e a segurança.

Por parte da Docas do Rio, participaram da inauguração o diretor-presidente Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira; o superintendente da Guarda Portuária, José Tadeu Diniz e equipe; o superintendente de Gabinete da Presidência, Eduardo Machado; o assessor da Diretoria de Gestão Portuária, Rogério Dias; e o gerente de Acesso Terrestre, Guilherme Carvalho.

Também marcaram presença no evento representantes das empresas arrendatárias dos terminais ICTSI Rio, MultiRio e Triunfo Logística, além das seguintes entidades: Sindoperj; Associação Brasileira dos Usuários dos Portos, de Transportes e da Logística (Logística Brasil); Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas e Logística do Rio de Janeiro (Sindicarga); e Federação do Transporte de Cargas do Estado do Rio de Janeiro (Fetranscarga). Em seus discursos, eles que foram parceiros também na implantação do SGAD, parabenizaram a Docas do Rio e a Guarda Portuária por mais essa conquista, agradeceram a confiança e a cooperação mútua e desejaram mais sucesso ao Porto do Rio de Janeiro.

Vale lembrar que o controle informatizado de acesso terrestre ao Porto do Rio de Janeiro, por meio do SGAD, funciona plenamente há cerca de um ano e meio. Com a automação do processo de permissão e do fluxo de caminhões, o Porto do Rio de Janeiro ganhou em eficiência para todos os envolvidos na cadeia logística, pois além da redução de custos, o sistema proporciona mais segurança e agilidade.