Início > Cabo Verde

Refit do «Dona Tututa» espelha as competências e «know-how» da Engenharia do Grupo ETE

Segunda-feira, dia 7 de Junho, o Grupo ETE apresentou, nos estaleiros da Navaltagus, no Seixal, o novo navio que reforçará a operação de transporte marítimo inter-ilhas em Cabo Verde – o navio ROPAX ‘Dona Tututa’ foi alvo de um processo de refit, que, vincou o Grupo ETE, espelha as competências e know-how da Engenharia da força marítimo-portuária que marca presença em Cabo Verde há três décadas.

DIA 7, NOS ESTALEIROS DA NAVALTAGUS

Grupo ETE apresenta o novo navio da CV Interilhas

O Grupo ETE realiza, no dia 7 de Junho, uma cerimónia de apresentação do novo navio da transportadora marítima CV Interilhas (que integra o grupo marítimo-portuário português), intitulado ‘Dona Tututa’, no estaleiro da Navaltagus, no Seixal.

O evento de apresentação do novo navio da empresa CV Interilhas, que opera em Cabo Verde, terá lugar a partir das 16:30 horas, no estaleiro da Navaltagus, e contará com a presença de Pedro Nuno Santos, Ministro das Infraestruturas e Habitação de Portugal, Paulo Veiga, Ministro do Mar de Cabo Verde, Joaquim Santos, Presidente da Câmara Municipal do Seixal e Eurico Monteiro, Embaixador de Cabo Verde em Portugal.

Portos de Cabo Verde somam em Abril segundo aumento consecutivo de passageiros em 2021

Os portos de Cabo Verde movimentaram 80.073 passageiros em abril, um aumento de 20,7% face ao mês anterior e a segunda subida mensal, consecutiva, do ano, recuperando das perdas devido à pandemia de covid-19.

Segundo o último relatório de tráfego da Enapor, empresa pública cabo-verdiana responsável pela gestão dos nove portos do arquipélago, o movimento de abril deste ano não tem paralelo com o registado há precisamente um ano, quando as viagens interilhas de passageiros foram suspensas, devido ao estado de emergência, decretado para conter a pandemia de covid-19.

«Dona Tututa» chega a Cabo Verde em Junho

“Dona Tututa” é o nome do novo navio da CV Interilhas, que homenageia a grande artista cabo-verdiana e que tem chegada prevista a Cabo Verde em Junho. Para já encontra-se em Portugal, no estaleiro Navaltagus (Grupo ETE), já em fase de conclusão do processo de refit de que tem sido alvo.

CV Interilhas transportou 355 mil passageiros em 2020

A CV Interilhas, concessionária do transporte marítimo em Cabo Verde, liderada pelo grupo português ETE, transportou 355 mil passageiros em 2020, o primeiro ano completo de atividade, afetada pelos "consideráveis" impactos da pandemia, segundo a administração.

"Tivemos uma redução à volta de 30% na atividade global da empresa em 2020. O primeiro trimestre foi muito bom, de alto nível, com recorde de passageiros, mas seguiram-se quebras brutais e alguma recuperação no último trimestre", começou por explicar, em entrevista à Lusa, no Mindelo, ilha de São Vicente, Jorge Maurício, vice-presidente do grupo ETE - Cabo Verde, que através da Transinsular (51%), lidera a CV Interilhas (CVI).

CABO VERDE

Novo navio CV Interilhas já está em Portugal

O novo navio da CV Interilhas já se encontra em Portugal, onde está a ser preparado para integrar a operação da empresa em Cabo Verde. O navio tem chegada prevista para o mês de Maio a Cabo Verde e irá, preferencialmente, integrar a rota São Vicente/São Nicolau/Sal/Boa Vista/Santiago.

CABO VERDE

ENAPOR moderniza sector de Mão-de-Obra Portuária com a Plataforma de Estiva Electrónica

A Plataforma de Estiva Electrónica visa «automatizar os processos de chamadas dos estivadores e planear antecipadamente os trabalhos na estiva, permitindo a promoção da transparência nas operações e a optimização na gestão dos processos».

O serviço, detalha a entidade que gere os portos cabo-verdianos, ainda garante o processamento automático de listagens e o envio de SMS a cada trabalhador, evitando assim a sua deslocação ao porto, para o caso de não estar escalado para trabalhar nos navios. «A aposta da ENAPOR na automatização dos processos, através da modernização tecnológica, permite o aumento da produtividade e competitividade da empresa, assim como o investimento em sistemas mais eficientes de gestão da informação gera valor agregado para o cliente», explica a entidade.

ENAPOR moderniza sector de Mão-de-Obra Portuária com a Plataforma de Estiva Electrónica

Plataforma de Estiva Electrónica, explica a ENAPOR através de um comunicado, visa «automatizar os processos de chamadas dos estivadores e planear antecipadamente os trabalhos na estiva, permitindo a promoção da transparência nas operações e a optimização na gestão dos processos».

O serviço, detalha a entidade que gere os portos cabo-verdianos, ainda garante o processamento automático de listagens e o envio de SMS a cada trabalhador, evitando assim a sua deslocação ao porto, caso não estiver escalado para trabalhar nos navios. «A aposta da ENAPOR na automatização dos processos, através da modernização tecnológica, permite o aumento da produtividade e competitividade da empresa, assim como o investimento em sistemas mais eficientes de gestão da informação gera valor agregado para o cliente», explicou a entidade.

Iniciativa MAR ABERTO leva patrulha «Setúbal» a Cabo Verde

O navio patrulha oceânico “Setúbal”, da Marinha Portuguesa, empenhado na Iniciativa MAR ABERTO, encontra-se, desde 14 de Março, na cidade da Praia, em Cabo Verde. Durante o trânsito de dois dias, desde a Guiné-Bissau até à Cidade da Praia, a guarnição realizou treino próprio nas áreas da segurança e proteção do navio.

Webinar Portugal - Cabo Verde: «Oportunidades de Negócio e de Investimento»

A AICEP, em parceria com a CVTI - Cabo Verde Trade Invest, realiza, no dia 17 de março, às 10h00, um webinar que tem por objetivo apresentar o atual contexto macroeconómico, levando em conta a situação resultante da pandemia, as tendências e perspetivas gerais e setoriais deste mercado, e as oportunidades de negócio e investimento existentes para as empresas portuguesas.

Noruegueses investem em aquacultura no mar de Cabo Verde

Uma empresa norueguesa pretende iniciar este ano a instalação da primeira fase de uma unidade de produção de atum em aquacultura na ilha de cabo-verdiana de São Vicente, prevendo gerar até 400 empregos em três anos.

3.ª EDIÇÃO

Grupo Sousa participa no «Cape Verde Shipping Forum»

A 25 de Fevereiro realizou-se em formato Webinar, o '3rd Cape Verde Shipping Forum', um fórum internacional sobre transporte marítimo e logística, organizado pelo Atlantico Business Development.

A representar a Madeira neste encontro - que teve como orador principal o Ministro da Economia Marítima da República de Cabo Verde, Paulo Lima Veiga - esteve Guilherme Gomes, Director Comercial do Armador GS LINES (do Grupo Sousa), o único português do grupo.

CV Interilhas (Grupo ETE) anuncia alargamento da sua frota durante este ano

A CV Interilhas anunciou que se encontra em processo de aquisição de um novo navio, a integrar a sua frota ainda durante este ano, estando prevista a sua entrada em operação no segundo trimestre de 2021.

Trata-se de um navio ROPAX (Roll-On Roll-Off de passageiros e cargas) com uma rampa de popa e equipado com Bow Thruster, com comprimento de 69 metros, 670 Toneladas de Arqueação Bruta, velocidade de 15 nós e capacidade para cerca de 250 passageiros e 43 viaturas ou 11 atrelados de 15 metros.

Navio que vai instalar cabo submarino EllaLink já está em Cabo Verde

O navio “CS Ile de Sein”, proveniente da Europa, já chegou a Cabo Verde e, nos próximos dias, será instalado o sistema de cabos na praia do Portinho, de forma a fazer a amarração do cabo submarino com o cabo terrestre, e levar este cabo terrestre até à estação da CV Telecom, na em Achada Grande.

Construção do terminal de cruzeiros na ilha de São Vicente avança em março

O primeiro-ministro cabo-verdiano anunciou que as obras de construção do terminal de cruzeiros de São Vicente arrancam em março, com a adjudicação da empreitada, uma das maiores obras públicas dos últimos anos no país.

Boluda tem novo serviço directo para Cabo Verde

Foi em Setembro de 2020 que a Boluda deu início a uma reorganização da sua estrutura e serviços para caminhar para o desenvolvimento planeado para 2021.

“Em Novembro, a Boluda Portugal (POL Leixões) juntamente com Espanha (POL Santander) abriram novos mercados, com a inclusão do serviço para as cidades de Liverpool e Dublin. Para o desenvolvimento deste mercado estas parcerias têm sido fundamentais, tendo-se verificado um crescimento muito positivo”, explica-nos Ricardo Almeida, o director da companhia em Portugal. No início deste ano, surgiu a maior proposta feita pela Boluda Portugal que consiste em três navios mensais dedicados totalmente a Portugal, com um serviço directo para Cabo Verde. A empresa pretende, assim, ser uma referência nas cargas para aquele país africano, possibilitando aos clientes usufruir de uma considerável capacidade de carga, bem como de bons tempos de trânsito.

Cabo Verde prepara retoma do turismo com formação de 2.500 profissionais

Cerca de 2.500 profissionais do sector turístico em Cabo Verde estão a ser formados, no âmbito do Plano de Renascimento do Turismo, preparando a retoma da atividade após a crise provocada pela pandemia de covid-19.

De acordo com informação divulgada pelo Ministério do Turismo e Transportes, a medida visa mitigar os efeitos da crise económica “no curto prazo” e preparar a retoma do setor, que garante 25% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, com ações de formação em várias atividades e em todas as ilhas.

Grupo ETE disposto a rever concessão do transporte marítimo em Cabo Verde

A administração do Grupo ETE abriu a porta à revisão, com o Governo cabo-verdiano, do contrato de concessão do transporte público marítimo de passageiros e mercadorias, assegurado pela CV Interilhas, o intento é incrementar o serviço prestado, noticia a Lusa.

Navio hidrográfico «Almirante Gago Coutinho» já está em Cabo Verde

O Navio hidro-oceanográfico “Almirante Gago Coutinho”, da Marinha Portuguesa, atracou no dia 13 de janeiro no Porto Grande, na cidade do Mindelo, localizada na ilha de S. Vicente em Cabo Verde, após largar da Base Naval de Lisboa no dia 31 de dezembro de 2020, no âmbito da missão Mar Aberto 20.2.

Navio hidrográfico «Almirante Gago Coutinho» parte esta quinta-feira para Iniciativa Mar Aberto em Cabo Verde

O navio hidrográfico português “Almirante Gago Coutinho” parte no último dia do ano, 31 de dezembro, para realizar uma missão de cooperação bilateral no âmbito da Iniciativa Mar Aberto, a fim de desenvolver um conjunto de atividades com a República de Cabo Verde, com especial enfoque nas capacidades científicas do navio.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 XIII Congresso da APLOP | Ireneu Camacho | ENAPOR – Portos de Cabo Verde

 XIII Congresso da APLOP | Eneida Gomes | ENAPOR – Portos de Cabo Verde

 XIII Congresso da APLOP | Joaquim Gonçalves | APDL

 XIII Congresso da APLOP | Ricardo Roque | A Marca APLOP – Novos Caminhos

 XIII Congresso da APLOP | António Santos | Estudo de Mercado dos Portos dos PALOP

 XIII Congresso da APLOP | Dinis Manuel Alves

 XIII Congresso da APLOP | Segundo período de debate

 XIII Congresso da APLOP | Debate

 XIII Congresso da APLOP | Apresentação do Painel 1

 Encerramento do XIII Congresso da APLOP

 XIII Congresso da APLOP | José Renato Ribas Fialho | ANTAQ

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Ireneu Camacho

 XIII Congresso da APLOP | José Luís Cacho

 XIII Congresso da APLOP | Massoxi Bernardo | Porto de Luanda

 XIII Congresso da APLOP | Francisco Martins | Porto de Suape

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Murillo Barbosa

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Abraão Vicente

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Jucelino Cardoso

 XIII Congresso da APLOP | Belmar da Costa | Curso de Introdução ao Shipping

 XIII Congresso da APLOP | Joaquim Piedade | Zona Franca do Dande

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família