Início > Moçambique

MINISTRO MATEUS MAGALA

Portos de Moçambique afirmam-se, mas precisam de estradas e ferrovias

O ministro dos Transportes moçambicano, Mateus Magala, defendeu em entrevista à Lusa que os portos de Moçambique estão a afirmar-se como alternativa na costa do Índico da África Austral, mas precisam de estar ligados a novas estradas e ferrovias.

"As nossas estradas não foram construídas para suportar as cargas que estão a ser transportadas" e, além disso, "a estrada não é a única solução", referiu.

Porto de Maputo Anuncia Mais Um Record de Manuseamento

Este crescimento é reflexo de uma utilização eficiente dos cais reabilitados 6, 7, 8 e 9, inaugurados em Maio de 2022, e a implementação, em Abril, da operação 24 horas na fronteira Lebombo/Ressano Garcia.

“O Porto tem seguramente vindo a colher os frutos das grandes obras de infraestrutura realizadas nos últimos quatro anos”, disse o Director-Executivo da MPDC, Osório Lucas.

MOÇAMBIQUE

Exportação do gás do Rovuma é acontecimento económico

O ARRANQUE da exploração e exportação do Gás Natural Liquefeito (GNL), na bacia do Rovuma, na província de Cabo Delgado, é o assunto escolhido pelos jornalistas do “Notícias” como melhor acontecimento económico do ano 2022.

Com 432 metros de comprimento, 66 metros de largura, cerca de 220.000 toneladas e com capacidade para liquefazer 3.37 milhões de toneladas de gás natural por ano, o Coral Sul FLNG é o primeiro projecto a entrar em operação para a exploração das imensas reservas de gás natural descobertas entre os anos 2010 e 2012, na bacia do Rovuma.

MOÇAMBIQUE

Proazul aprimora instrumentos para viabilizar colaboração multissectorial

O Fundo para o Desenvolvimento da Economia Azul (ProAzul), braço financeiro do governo para a dinamização da agenda da economia azul, está a aprimorar instrumentos internos para melhorar a colaboração multissectorial, com vista a garantir a mobilização de recursos para o sector.
Para o efeito, o ProAzul está a finalizar a criação do regulamento do Conselho da Economia Azul, órgão de aconselhamento e facilitação da participação de seus principais parceiros, assegurando o alinhamento das estratégias financeiras com as iniciativas de exploração sustentável de águas interiores, mar e linha costeira.

MOÇAMBIQUE PREPARA-SE PARA RETIRAR OBRIGATORIEDADE DE DESPACHANTES ADUANEIROS

Moçambique prepara-se para eliminar até fim de 2023 a obrigatoriedade do uso do despachante aduaneiro no desembaraço de mercadorias, de modo a limar todos os males fiscais que resultam em elevadas perdas para o Estado.

Para o efeito, o Ministério da Indústria e Comércio (MIC) em parceria com a Autoridade Tributária de Moçambique (AT) e a Confederação das Associações Económicas realizou, em Maputo, a segunda sessão da Comissão Directiva do Comité Nacional de Facilitação do Comércio.

PORTOS DO CONTINENTE AFRICANO:

Acordo pode colmatar lacunas de infra-estruturas

O AD Ports Group (ADX: ADPORTS), o principal facilitador global do comércio, logística e indústria, assinou um acordo de colaboração com a Africa Finance Corporation (AFC), fornecedor de soluções de infra-estruturas em África, para colmatar as lacunas em todo o continente.

O acordo fornece a base para as duas organizações unirem forças na identificação, financiamento, desenvolvimento e investimento em portos, armazéns, projectos de infra-estruturas marítimas e logísticas tão necessários em toda a África.

MOÇAMBIQUE

Governo quer implementação efectiva da cabotagem por parte do ITRANSMAR

O Governo desafiou o Instituto de Transporte Marítimo (ITRANSMAR) a introduzir reformas na área da Marinha, com vista a conferir capacidade para a implementação efectiva da cabotagem marítima.

Segundo o jornal Notícias, o desafio foi lançado pela secretária permanente do Ministério dos Transportes e Comunicações, Dina Ribeiro, no quadro das celebrações do Dia Internacional da Marinha, sob o lema “Novas tecnologias para uma navegação mais ecológica”.

MOÇAMBIQUE

Plataforma flutuante FNLG Coral-Sul oficialmente inaugurada

O Presidente da República visitou e inaugurou a plataforma flutuante FLNG Coral-Sul, localizada nas águas ultra-profundas da Bacia do Rovuma. Após o corte da fita e o descerramento da lápide, Filipe Nyusi percorreu a plataforma e interagiu com parte dos 80 jovens engenheiros moçambicanos que garantem as operações. Aliás em cada um dos sectores de produção do gás natural, a explicação do que se faz era feita por jovens moçambicanos.

MOÇAMBIQUE

Iniciada dragagem do canal de acesso ao Porto de Maputo

A DRAGA Ilembe, pertença da sul-africana Transnet National Port Authority (TNPA), chegou à capital moçambicana para a manutenção do canal de acesso ao porto de Maputo, onde deverá remover 550 mil m3 de sedimentos.

A dragagem será feita no contexto do programa de manutenção regular dos canais de acesso, realizada de dois em dois anos e, segundo a Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC), gestora do Porto de Maputo, a TNPA recebeu um contrato após uma solicitação de propostas feitas em Julho último.

MOÇAMBIQUE

Porto de Maputo atinge limite depois dos 137 hectares concedidos pelo Governo

O Porto de Maputo voltou a atingir o limite de capacidade de espaço concedido pelo Governo, segundo a direcção que gere a infra-estrutura. Até Novembro deste ano, a empresa atingiu 25 milhões de toneladas no manuseio de carga.

É a primeira vez em que o Porto de Maputo atinge o limite da sua capacidade de espaço para a manuseio de carga, depois de, em Março deste ano, o Governo ter disponibilizado mais de 137 hectares.

Desenvolvimento de Moçambique está «ancorado» à economia do mar

O Chefe do Estado-Maior da Armada de Portugal diz que o desenvolvimento económico de Moçambique estará ligado à navegação marítima, mas, para tal, Gouveia e Melo defende um investimento na cabotagem. Já o antigo Presidente da República, Joaquim Chissano, diz que o país não vai ficar rico só com a exploração do gás natural.

Dinamizado escoamento de carga entre Moçambique e Zimbabwe através da linha de Machipanda

O manuseamento de mercadorias em trânsito, entre Moçambique e Zimbabwe, conhece agora um substancial incremento, com a conclusão na área crítica das obras de reabilitação e ampliação da Linha de Machipanda, que liga a cidade da Beira à vila fronteiriça de Machipanda, numa extensão total de 317 km.

O Presidente do Conselho de Administração (PCA) da empresa dos Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), Miguel Matabel, constatou recentemente este facto depois de percorrer um raio de 44 km, entre as estações de Garuso e Manica, onde das anteriores 14 curvas apertadas, foram reduzidas para quatro.

MOÇAMBIQUE

Filipe Nyusi inaugura plataforma de gás do Coral Sul com várias comparações emotivas

O Presidente da República, Filipe Nyusi, comparou a primeira exportação de gás do Rovuma a um parto bem-sucedido, durante a inauguração da plataforma flutuante de liquefação Coral Sul.

“No dia 13, estávamos todos à espera. Eu estava a toda a hora a falar com o ministro Zacarias [dos Recursos Minerais] como se estivesse com uma mãe na maternidade à espera para dar à luz. E os pais, marido, filhos, irmãos, todos ficam nervosos, mas tudo deu certo”, referiu.

PR moçambicano anuncia arranque da exportação do gás na Bacia do Rovuma

A exportação de Gás Natural Liquefeito (GNL) da bacia do Rovuma, no Projeto Coral Sul, em Moçambique, arrancou a 13 de Novembro, anunciou o presidente moçambicano, Filipe Nyusi.

“Hoje, Moçambique entra para os anais da história mundial como um dos países exportadores de gás natural liquefeito, que além de representar uma fonte alternativa de fornecimento, contribui em larga medida para a segurança energética nos países de maior consumo”, declarou Filipe Nyusi, numa declaração à nação.

Projecto Coral-Sul «vai pôr Moçambique no mapa do gás natural liquefeito», diz Galp

A Galp detém uma participação de 10% no consórcio para o desenvolvimento deste projecto em Moçambique. A empresa garante estar a encontrar fontes alternativas e competitivas à Nigéria, no gás. A Eni é a operadora com uma participação indirecta de 50%, através da Eni East Africa, a qual detém uma participação de 70% na Área 4.

O presidente-executivo da Galp considerou que o projecto Coral-Sul, em Moçambique, vai colocar aquele país “no mapa do gás natural liquefeito, como um importante fornecedor mundial”, complementando os EUA e o Qatar.

MOÇAMBIQUE

Novos equipamentos aumentam capacidade de manuseio no Porto da Beira

O Porto da Beira aumentou, substancialmente, a capacidade do manuseamento de carga e reforçou os dispositivos de segurança com a aquisição de novos equipamentos avaliados em dez milhões de dólares norte-americanos.

O administrador-delegado da Cornelder de Moçambique (entidade gestora daquele complexo), Jan Vries, precisou que foram, igualmente, modernizadas as gruas através da instalação do sistema informático denominado “C-Gate”, estando já a dinamizar a competitividade do Corredor de Desenvolvimento da Beira.

MOÇAMBIQUE

Novo serviço de Bunkering no Porto de Maputo

A MPDC, em parceria com a CPG Bunkering, anuncia o lançamento de um novo serviço de bunkering, imediatamente disponível para abastecimento de bunkers por barcaça no Porto de Maputo.

Esta é a primeira vez desde o IMO 2020, que o VSLFO é disponibilizado no Porto de Maputo. Assinado em 19 de setembro de 2022, o acordo exclusivo entre as Partes prevê o fornecimento consistente dos dois tipos de combustíveis marítimos: VLSFO e LSMGO a ser entregue via transferência navio-navio (“STS”) no fundeadouro ou no cais dentro da área da Jurisdição do Porto de Maputo 24 horas por dia.

MAPUTO, MOÇAMBIQUE

MPDC premiada por ser «Empresa Inclusiva»

A MPDC recebeu no dia 20 de Setembro o prémio “Empresa Inclusiva” atribuído pela FAMOD – Fórum das Associações Moçambicanas para a Deficiência. O galardão foi atribuído durante a Conferência sobre Deficiência e Direitos Humanos, organizada pela FAMOD em parceria com a Comissão Nacional dos Direitos Humanos, por ocasião dos 10 anos de ratificação da Convenção das Nações Unidas sobre os direitos das Pessoas com Deficiência.

A MPDC recebeu o prémio devido ao projecto “Porto +” pela contribuição na inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. As outras duas empresas a receber o galardão foram o Kaya Kwanga e a Vodacom Moçambique.
 

MOÇAMBIQUE

Coreia do Sul vai enviar barco patrulha para proteger a plataforma flutuante

A Coreia do Sul quer proteger a Plataforma Flutuante que se prepara para explorar e exportar gás natural na Bacia do Rovuma. Para o efeito, vai enviar um barco patrulha. A informação foi avançada depois de um encontro entre o enviado sul-coreano e o Presidente da República.

Os ataques terroristas nunca tinham sido classificados como uma ameaça ao projecto de exploração de gás natural, através de uma plataforma flutuante instalada no alto mar, na Bacia do Rovuma, em Cabo Delgado. Entretanto, depois de um encontro com o Presidente da República, no Quénia, a Coreia do Sul avançou, através do seu enviado especial, que será alocada uma embarcação para proteger o investimento.

MOÇAMBIQUE

CFM investe 3 milhões de dólares para tornar o Porto de Quelimane mais competitivo

A empresa Porto e Caminhos de Ferro de Moçambique investiu este ano cerca de três milhões de dólares em operações de dragagem para tornar o Porto de Quelimane mais competitivo, tendo alcançado a profundidade entre 4 e 5 metros de balizagem no porto e entre seis e sete metros no canal de acesso.

O anúncio foi feito pelo Presidente do Conselho de Administração daquela empresa, Miguel Matabel, que falava com o empresariado da região sobre as potencialidades de negócios existentes no porto de Quelimane, realçando que a infraestrutura está pronta para manusear carga de navios com capacidade até 10 mil toneladas métricas bruto.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 XIII Congresso da APLOP | Ireneu Camacho | ENAPOR – Portos de Cabo Verde

 XIII Congresso da APLOP | Eneida Gomes | ENAPOR – Portos de Cabo Verde

 XIII Congresso da APLOP | Joaquim Gonçalves | APDL

 XIII Congresso da APLOP | Ricardo Roque | A Marca APLOP – Novos Caminhos

 XIII Congresso da APLOP | António Santos | Estudo de Mercado dos Portos dos PALOP

 XIII Congresso da APLOP | Dinis Manuel Alves

 XIII Congresso da APLOP | Segundo período de debate

 XIII Congresso da APLOP | Debate

 XIII Congresso da APLOP | Apresentação do Painel 1

 Encerramento do XIII Congresso da APLOP

 XIII Congresso da APLOP | José Renato Ribas Fialho | ANTAQ

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Ireneu Camacho

 XIII Congresso da APLOP | José Luís Cacho

 XIII Congresso da APLOP | Massoxi Bernardo | Porto de Luanda

 XIII Congresso da APLOP | Francisco Martins | Porto de Suape

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Murillo Barbosa

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Abraão Vicente

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Jucelino Cardoso

 XIII Congresso da APLOP | Belmar da Costa | Curso de Introdução ao Shipping

 XIII Congresso da APLOP | Joaquim Piedade | Zona Franca do Dande

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012