Início > Artigo > Uma fuga no fundo do oceano está a intrigar (e a preocupar) os cientistas



Uma fuga no fundo do oceano está a intrigar (e a preocupar) os cientistas


A perda do fluído em causa poderia fazer com que as placas tectónicas sob o oceano e as placas tectónicas sob os Estados Unidos continental se fechassem, criando stress.

Os cientistas descobriram um fenómeno que está a ocupá-los e a fazê-los perder algumas horas de sono. Trata-se de uma misteriosa fuga no oceano. Ao contrário do que seria de esperar, não é infiltração de água (em direção à crosta da Terra). Em vez disso, há um líquido que sai para o Oceano Pacífico, perto da Zona de Subducção do Cascadia. O estudo está a ser feito pela Universidade de Washington.

Segundo o Tech Explorist, fuga foi inicialmente descoberta em 2015 e chamava-se Pythia’s Oasis. A partir das observações originais da fuga, no fundo do oceano, sugeriram que era diferente de qualquer outra que já tinha sido descoberta antes.

No entanto, um novo artigo publicado na revista Science Advances sugere que o líquido expelido através da fuga poderia na realidade ser um tipo de lubrificante tectónico. Além disso, a fuga deste líquido para o oceano poderia significar um verdadeiro desastre para a falha da Zona de Subducção Cascadia.

Quando os investigadores descobriram a fuga pela primeira vez, estava quase 16 graus mais quente do que a água que o rodeava. Com base em novos cálculos, acredita-se que a água que se infiltra através da fuga no oceano pode ter origem a vir do megafluxo do Cascadia, onde as temperaturas variam entre os 300 e 500 graus Fahrenheit.

Mas porque é que isso importa? Bem, a perda do fluido poderia diminuir a pressão do líquido que se encontra entre as partículas do sedimento. Esta pressão reduzida poderia consequentemente originar uma fricção entre as placas tectónicas oceânicas e continentais.

Simplificando, poderia fazer com que as placas tectónicas sob o oceano e as placas tectónicas sob os Estados Unidos continental se fechassem, criando stress que poderia eventualmente resultar em terramotos. Embora esta seja a primeira fuga do género detectada no oceano, os investigadores dizem que podem existir outras, possivelmente nas proximidades.

A Zona de Subducção de Cascadia está associada a um dos maiores terramotos que o mundo já sofreu, razão pela qual os cientistas estão preocupados com a fuga e com o que ela poderá significar para o megafluxo encontrado nesta área.

A esperança é que esta fuga nos possa a ajudar a aprender mais sobre a atividade da tectónica de placas, um campo de estudo que é ainda bastante novo para os investigadores. É também uma lembrança aterradora do quanto estamos à mercê das placas em movimento sob os nossos pés e das consequências dos seus movimentos.

fonte


 



Data: 2023-04-25

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 XIII Congresso da APLOP | Ireneu Camacho | ENAPOR – Portos de Cabo Verde

 XIII Congresso da APLOP | Eneida Gomes | ENAPOR – Portos de Cabo Verde

 XIII Congresso da APLOP | Joaquim Gonçalves | APDL

 XIII Congresso da APLOP | Ricardo Roque | A Marca APLOP – Novos Caminhos

 XIII Congresso da APLOP | António Santos | Estudo de Mercado dos Portos dos PALOP

 XIII Congresso da APLOP | Dinis Manuel Alves

 XIII Congresso da APLOP | Segundo período de debate

 XIII Congresso da APLOP | Debate

 XIII Congresso da APLOP | Apresentação do Painel 1

 Encerramento do XIII Congresso da APLOP

 XIII Congresso da APLOP | José Renato Ribas Fialho | ANTAQ

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Ireneu Camacho

 XIII Congresso da APLOP | José Luís Cacho

 XIII Congresso da APLOP | Massoxi Bernardo | Porto de Luanda

 XIII Congresso da APLOP | Francisco Martins | Porto de Suape

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Murillo Barbosa

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Abraão Vicente

 XIII Congresso da APLOP | Cerimónia de Abertura | Jucelino Cardoso

 XIII Congresso da APLOP | Belmar da Costa | Curso de Introdução ao Shipping

 XIII Congresso da APLOP | Joaquim Piedade | Zona Franca do Dande

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família